Acordo no DF depende da palavra de Roberto Jefferson

autor Misto Brasília

Postado em 16/05/2018 21:05:45 - 20:57:00


O impasse entre Izalci, Alírio e Wanderlei para a chapa majoritária do grupo/Fotomontagem

Há semanas grupo de partidos tenta definir a chapa majoritária em negociações intermináveis

A palavra final sobre a participação ou não do ex-deputado distrital Alírio Neto na frente partidária do PSDB, PPS e PSD, será do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson. O impasse para a definição da chapa majoritária da coligação (Senado e governo distrital) poderá ser resolvido até quarta-feira (23), quando o chefe petebista estará em Brasília.

É o prazo que deputado federal Rogério Rosso (PSD) conta para a conclusão do acordo. “Não pode passar disso”, avalia. O impasse nas negociações que se arrasta por semanas, ocorre porque nenhum dos três pré-candidatos do grupo ao Palácio do Buriti abre mão de seus nomes. Veja a relação dos pré-candidatos ao governo do Distrito Federal.

Há critérios subjetivos para a escolha, mas o tucano Izalci Lucas, Alírio e Wanderlei Tavares, do PRB, estão irredutíveis. Nem mesmo uma pesquisa contratada junto ao um instituto de Campinas (SP) ajuda no acordo.

Pelos números desta consulta popular, Jofran Frejat (PR) está em primeiro e o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) em segundo lugar. Embolados estão os três pré-candidatos, mais a ex-deputada distrital Eliana Pedrosa, do Pros.

Rogério Rosso disse esta noite que “abre mão” da pré-candidatura ao Senado Federal para ampliar a aliança. O senador Cristovam Buaquer (PPS) se reuniu hoje na casa de Rosso com o pré-candidato Frejat. A pauta foi “a defesa do futuro de Brasília”, garantiu Cristovam.


Medo da falta de combustível provoca corrida aos postos de gasolina
Deputado grava mensagem para caminhoneiros de cueca
veja +
Barroso explica obrigação dos partidos em reservar 30% do fundo eleitoral para candidatas
Vacinação contra a aftosa continua no Distrito Federal até o final do mês
Para Temer, Meirelles é o melhor candidato à Presidência
veja +