Na dúvida, CLDF adia alteração da lei do silêncio

autor Misto Brasília

Postado em 06/03/2018 19:31:54 - 19:28:00


Plenário da Câmara Legislativa do DF que adiou projeto que altera lei do silêncio/Arquivo

Na sessão que foi transmitida pelo site, deputados falaram sobre servidores e audiência pública

O projeto de lei que altera a lei do silêncio no Distrito Federal deverá ser votado no próximo dia 20. É que surgiram dúvidas, segundo o presidente da Câmara Legislativa, Joe Valle (PDT), sobre a constitucionalidade do projeto.

Os deputados optaram então por aguardar um estudo mais aprofundado dos técnicos da Casa sobre a constitucionalidade da proposta e adiaram a apreciação para o próximo dia 20. Valle explicou a uma galeria tomada por favoráveis e contrários ao projeto que a intenção é votar o projeto com segurança. O projeto está há três anos tramitando na CLDF.

O Misto Brasília transmitiu ao vivo a sessão de hoje da CLDF

O deputado Wellington Luiz (PMDB) criticou na sessão um parecer da Procuradoria do GDF que pede a saída de servidores administrativos que atuam na Polícia Civil desde o ano 2000. O deputado Rodrigo Delmasso (Podemos), defendeu o "fortalecimento da família" como uma meta das políticas públicas.

O deputado Wasny de Roure (PT) elogiou o projeto Comunidade Aprendizagem do Paranoá (CAP) numa escola classe na cidade. O deputado Raimundo Ribeiro (PPS) anunciou a realização de audiência pública, no próximo dia 20, às 10h, no plenário da CLDF, para tratar de mobiliário urbano do tipo trailers, quiosques e feiras.


Tite cai na comemoração do gol de Philipe Coutinho e vira meme na internet
AO VIVO - II Congresso de Direito Eleitoral de Brasília
veja +
Bolsa Família atende 74.122 famílias do Distrito Federal em junho
Distrito Federal recebe R$ 28 milhões do salário-educação de maio
Aprovada reserva de vagas em universidades públicas para alunos bolsistas de escolas beneficentes
veja +