Lei da Cultura é sancionada no lançamento do Prêmio José Aparecido

autor Misto Brasília

Postado em 07/12/2017 13:49:03 - 13:45:00


Márcia, Rodrigo Rollemberg e secretário de Cultura, Guilherme Reis/Gabriel Jabur/Agência Brasília

A legislação atende a classe artística e estabelece parâmetros para o Plano de Cultura do DF

Lei Orgânica da Cultura do Distrito Federal (LOC) foi sancionada nesta quinta-feira (7) pelo governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg. Segundo informou a Agência Brasília, o texto atende a uma demanda histórica da categoria de entes e agentes culturais e estabelece o Plano de Cultura para o DF, com diretrizes e ações para os próximos dez anos.

“Nós temos agora o instrumento de política cultural mais avançado do Brasil e estamos, com isso, cumprindo uma missão de Brasília, que é de ser vanguarda. Trata-se de um instrumento que não é política de governo, mas de Estado, construído em parceria com a sociedade civil”, afirmou Rollemberg.

A cerimônia de hoje foi marcada também pela reabertura do foyer da sala Villa-Lobos, durante a celebração dos 30 anos de Brasília como Patrimônio Cultural da Humanidade, e do lançamento da sétima edição do Prêmio José Aparecido de Oliveira, destinado a reconhecer trabalhos de relevância para a preservação e valorização do patrimônio cultural brasiliense.


Arthur Maia aceita proposta de servidores para facilitar aprovação da reforma
Maia anuncia a nova data de votação da reforma da Previdência
veja +
Nilson Leitão vai liderar a bancada do PSDB no próximo ano
Rodrigo Maia diz que a "sociedade" concorda que é necessário a reforma na Previdência
Zarattini disse que adiar votação da reforma da Previdência é uma derrota do governo
veja +