Governo abusa da renúncia fiscal e reclama do déficit da Previdência

autor Misto Brasília

Postado em 03/12/2017 18:35:52 - 18:29:00


Relatório do governo é esclarecedor sobre o déficit fiscal/Arquivo

Segundo o Ministério da Fazenda, o déficit da Previdência seria 40% menor sem as renúncias fiscal

O governo é um exemplo do velho ditado de que em casa de ferreiro, espeto de pau. Relatório do próprio governo, no caso o Ministério da Fazenda, confirma o que as entidades tem afirmado com insistência. Não há nexo em apertar o trabalhador na reforma da Previdência e facilitar a vida daqueles que não pagam impostos.

Segundo o levantamento, o déficit da Previdência Social seria 40% menor sem as renúncias fiscais. De acordo com o relatório Aspectos Fiscais da Seguridade Social no Brasil, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) deixou de arrecadar R$ 57,7 bilhões em 2016 com as isenções e as desonerações na contribuição patronal para a Previdência. Sem os benefícios, a Previdência Social teria fechado o ano passado com déficit de R$ 80,4 bilhões, em vez de resultado negativo de R$ 138,1 bilhões.

Ocorre que a Previdência Social não tem déficit. O governo joga todas as contas nessa rubrica e, assim não há arrecadação de pague. A CPI da Previdência comprovou que não há déficit e a própria base do governo votou no relatório.


Tite cai na comemoração do gol de Philipe Coutinho e vira meme na internet
AO VIVO - II Congresso de Direito Eleitoral de Brasília
veja +
Bolsa Família atende 74.122 famílias do Distrito Federal em junho
Distrito Federal recebe R$ 28 milhões do salário-educação de maio
Aprovada reserva de vagas em universidades públicas para alunos bolsistas de escolas beneficentes
veja +