Brasileiro ajudou a descobrir ninho de pterossauros

autor Misto Brasília

Postado em 03/12/2017 08:09:32 - 08:07:00


Mais de 200 ovos foram encontrados numa região da China/Ilustração científica

Cientistas da UFRJ ficou espantado pela quantidade de ovos encontrados num só ninho a China

Mais de duas centenas de ovos de pterossauros – répteis alados que viveram na Terra na mesma altura que os dinossauros, há milhões de anos – foram encontrados na região de Xinjiang, no Noroeste da China, segundo um estudo publicado esta quinta-feira na revista científica Science. Antes desta descoberta, poucos exemplares desta espécie eram conhecidos.

“Lembro-me de estar a olhar para os espécimes e dizer que não era possível”, disse ao New York Times o paleontólogo Alexander Kellner, da Universidade Federal do Rio de Janeiro e um dos autores do estudo. “Antes tínhamos menos de dez ovos e agora encontrámos centenas deles num só sítio”. Segundo o investigador, os mais de 215 ovos, que incluem vestígios de 16 embriões, não terão sido postos pela mesma fêmea.

Os pterossauros habitaram o planeta entre o Triásico e o Cretáceo — voaram pelos céus durante cerca de 160 milhões de anos. Foram contemporâneos dos seus primos dinossauros (os pterossauros e dinossauros são dois grupos diferentes, mas têm um antepassado comum) e foram extintos na mesma altura, há 66 milhões de anos. (Do Público)


"O senhor não tem vergonha na cara", dispara brasileiro para Gilmar Mendes
Conheça o apartamento do bispo Edir Macedo que custou uma fortuna
veja +
Propostas que legalizam jogos de azar andam rápido no Congresso
Publicada lei que pretende diminuir os altos índices de mortes no trânsito
Proposta para criar delegacias para idosos está na Câmara
veja +