Brasileiro ajudou a descobrir ninho de pterossauros

autor Misto Brasília

Postado em 03/12/2017 08:09:32 - 08:07:00


Mais de 200 ovos foram encontrados numa região da China/Ilustração científica

Cientistas da UFRJ ficou espantado pela quantidade de ovos encontrados num só ninho a China

Mais de duas centenas de ovos de pterossauros – répteis alados que viveram na Terra na mesma altura que os dinossauros, há milhões de anos – foram encontrados na região de Xinjiang, no Noroeste da China, segundo um estudo publicado esta quinta-feira na revista científica Science. Antes desta descoberta, poucos exemplares desta espécie eram conhecidos.

“Lembro-me de estar a olhar para os espécimes e dizer que não era possível”, disse ao New York Times o paleontólogo Alexander Kellner, da Universidade Federal do Rio de Janeiro e um dos autores do estudo. “Antes tínhamos menos de dez ovos e agora encontrámos centenas deles num só sítio”. Segundo o investigador, os mais de 215 ovos, que incluem vestígios de 16 embriões, não terão sido postos pela mesma fêmea.

Os pterossauros habitaram o planeta entre o Triásico e o Cretáceo — voaram pelos céus durante cerca de 160 milhões de anos. Foram contemporâneos dos seus primos dinossauros (os pterossauros e dinossauros são dois grupos diferentes, mas têm um antepassado comum) e foram extintos na mesma altura, há 66 milhões de anos. (Do Público)


Tite cai na comemoração do gol de Philipe Coutinho e vira meme na internet
AO VIVO - II Congresso de Direito Eleitoral de Brasília
veja +
Bolsa Família atende 74.122 famílias do Distrito Federal em junho
Distrito Federal recebe R$ 28 milhões do salário-educação de maio
Aprovada reserva de vagas em universidades públicas para alunos bolsistas de escolas beneficentes
veja +