Queda no índice de reajuste do aluguel, mas sobe o da construção

autor Misto Brasília

Postado em 10/11/2017 10:12:28 - 10:10:00


Índice da construção teve reajuste e a inflação fechou em 2,21%/Arquivo

Veja o IGP-M que reajuste o aluguel, também o Sinapi da Construção e o IPCA oficial

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), registrou uma inflação de 0,16% em outubro, 0,11 ponto percentual abaixo do 0,27% de setembro. A taxa também é inferior ao 0,64% de outubro de 2016. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, essa é a menor taxa desde abril (0,15%).

O Sinapi acumula taxas de 3,14% no ano e de 3,75% no período de 12 meses. Com a alta de preços de 0,16% de outubro, o metro quadrado da construção civil ficou em R$ 1.059,68.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do país, fechou os primeiros dez meses do anos com alta acumulada de 2,21%, a menor taxa acumulada em um mês de outubro desde os 1,44% de outubro de 1988. O resultado é 3,57 pontos percentuais inferior à alta acumulada (5,78%) de janeiro a outubro do ano passado.

O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), utilizado no reajuste dos contratos de aluguel, registrou deflação (queda de preços) de 0,02% na primeira prévia de novembro. A taxa é menor que a inflação de 0,32% anotada na primeira prévia de outubro, informou hoje (10), no Rio de Janeiro, a Fundação Getulio Vargas.

Com a prévia de novembro, o IGP-M acumula deflações de 1,95% no ano e de 1,4% no acumulado de 12 meses.


AO VIVO -TV da Câmara Legislativa
O desabafo do prefeito de Belo Horizonte
veja +
Eunício anuncia que é MP para alterar reforma trabalhista no Palácio
Vital do Rêgo entrega auditorias de 94 obras para Comissão de Orçamento avaliar
Jucá explica divergência entre projeto X MP para reforma das leis trabalhistas
veja +