Peixe Vivo e a ameaça ao ambiente no DF

autor Misto Brasília

Postado em 02/09/2017 16:00:10 - 15:49:00


Parque Ecológico e Vivencial Riacho Fundo I/Tony Winston/Agência Brasília

Projeto para recuperar e preservar os rios da capital federal foi lançado hoje

Com o objetivo de recuperar rios, riachos, ribeirões e córregos das bacias hidrográficas do Distrito Federal, foi lançado na manhã deste sábado (2) o projeto Como Pode um Peixe Vivo.

O símbolo do projeto é o peixe pirá-brasília, espécie que vive exclusivamente no ecossistema do DF e que sofre ameaça de extinção devido à degradação dos rios. Já o nome refere-se a um clássico homônimo do cancioneiro brasileiro que virou referência a Juscelino Kubitschek após seu retorno do exílio na década de 1970.

A cerimônia ocorreu no Parque Ecológico e Vivencial do Riacho Fundo I, área de preservação ambiental que abriga o maior conjunto de nascentes do Ribeirão Riacho Fundo, segundo o Instituto Brasília Ambiental (Ibram).

De acordo com a presidente do Ibram, Jane Vilas Bôas, o processo envolve etapas de mobilização social, educação ambiental e melhorias físicas na malha de cursos d’água do DF.

 

“O projeto Peixe Vivo vai melhorar as condições da água, das margens do rio [Ribeirão Riacho Fundo] e, principalmente, mobilizar a população para ter consciência de ser dona de uma riqueza, porque água é riqueza”, destacou Jane.


Presidenciável Ciro Gomes chega na convenção do PDT
Surfista "pesca" com as mãos tainhas na praia da Laguna (SC)
veja +
Cristovam Buarque propõe fim do auxílio-moradia para parlamentares e juízes
Comissão do Senado aprovou regulamentação da profissão de cuidador
Câmara aprova proposta que regulamenta produção e comercialização de queijo artesanal
veja +