Peixe Vivo e a ameaça ao ambiente no DF

autor Misto Brasília

Postado em 02/09/2017 16:00:10 - 15:49:00


Parque Ecológico e Vivencial Riacho Fundo I/Tony Winston/Agência Brasília

Projeto para recuperar e preservar os rios da capital federal foi lançado hoje

Com o objetivo de recuperar rios, riachos, ribeirões e córregos das bacias hidrográficas do Distrito Federal, foi lançado na manhã deste sábado (2) o projeto Como Pode um Peixe Vivo.

O símbolo do projeto é o peixe pirá-brasília, espécie que vive exclusivamente no ecossistema do DF e que sofre ameaça de extinção devido à degradação dos rios. Já o nome refere-se a um clássico homônimo do cancioneiro brasileiro que virou referência a Juscelino Kubitschek após seu retorno do exílio na década de 1970.

A cerimônia ocorreu no Parque Ecológico e Vivencial do Riacho Fundo I, área de preservação ambiental que abriga o maior conjunto de nascentes do Ribeirão Riacho Fundo, segundo o Instituto Brasília Ambiental (Ibram).

De acordo com a presidente do Ibram, Jane Vilas Bôas, o processo envolve etapas de mobilização social, educação ambiental e melhorias físicas na malha de cursos d’água do DF.

 

“O projeto Peixe Vivo vai melhorar as condições da água, das margens do rio [Ribeirão Riacho Fundo] e, principalmente, mobilizar a população para ter consciência de ser dona de uma riqueza, porque água é riqueza”, destacou Jane.


"O senhor não tem vergonha na cara", dispara brasileiro para Gilmar Mendes
Conheça o apartamento do bispo Edir Macedo que custou uma fortuna
veja +
Propostas que legalizam jogos de azar andam rápido no Congresso
Publicada lei que pretende diminuir os altos índices de mortes no trânsito
Proposta para criar delegacias para idosos está na Câmara
veja +