Correios querem cortar gastos com funcionários na mira

autor Misto Brasília

Postado em 29/07/2017 08:18:10 - 08:03:00


Apesar de não haver previsão de demissões, plano de saúde saúde é alvo de cortes/Reprodução Google

Empresa planeja tirar benefícios conquistados em acordos coletivos para economizar R$ 2 bilhões

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios) avalia reduzir os gastos em R$ 2 bilhões por ano promovendo corte de benefícios dos funcionários.

A meta é evitar que a empresa feche no vermelho pelo quinto ano consecutivo, informou O Estado de São Paulo. A intenção da direção é acabar com as vantagens conquistadas em acordos coletivos e manter apenas os benefícios previstos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Outra novidade que poderá ocorrer é alteração no plano de saúde dos funcionários. Atualmente, os Correios gastam mais de R$ 1 bilhão com a assistência médica dos pais e filhos dos empregados.

 


Tite cai na comemoração do gol de Philipe Coutinho e vira meme na internet
AO VIVO - II Congresso de Direito Eleitoral de Brasília
veja +
Bolsa Família atende 74.122 famílias do Distrito Federal em junho
Distrito Federal recebe R$ 28 milhões do salário-educação de maio
Aprovada reserva de vagas em universidades públicas para alunos bolsistas de escolas beneficentes
veja +