Semana quase parando no Congresso Nacional

autor Misto Brasília

Postado em 19/06/2017 17:05:56 - 17:03:00


Rodrigo Maia é o presidente da República até o final da semana/Arquivo

Com Maia na Presidência da República, pauta na Câmara está esvaziada; no Senado, o caso Aécio

A Câmara dos Deputados deverá ter uma semana vazia. Com as festas juninas no Nordeste, os parlamentares preferem ficar em suas bases. Além disso, com Rodrigo Maia na Presidência da República, pouco vai se avançar na pauta de votação em plenário, pois a própria base governista prefere aguardar o retorno de Michel Temer do exterior.

Maia assumiu hoje à tarde a interinidade da Presidência. Temer viaja para a Rússia (erroneamente informado pelo Palácio do Planalto como União Soviética) e a Noruega. Na bagagem leva proposta para que empresários de lá se interessem na concessão da ferrovia Norte-Sul, cujas obras estão paradas e com suspeita de pagamento de propina.

No Senado, o Conselho de Ética do Senado terá cinco dias úteis, a partir desta terça-feira (20), para decidir se aceita ou não o pedido de abertura de processo que pede a cassação do mandato do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG). O presidente do Conselho, senador João Aberto Souza (PMDB-MA), só tomou conhecimento oficial hoje (19) da representação contra Aécio Neves.

O pedido foi apresentado pela Rede e pelo PSol depois que Aécio foi citado na delação premiada do empresário Joesley Batista, um dos donos do grupo JBS. Os partidos oposicionistas argumentam que houve quebra de decoro parlamentar pelo senador.


Arthur Maia aceita proposta de servidores para facilitar aprovação da reforma
Maia anuncia a nova data de votação da reforma da Previdência
veja +
Nilson Leitão vai liderar a bancada do PSDB no próximo ano
Rodrigo Maia diz que a "sociedade" concorda que é necessário a reforma na Previdência
Zarattini disse que adiar votação da reforma da Previdência é uma derrota do governo
veja +