Facebook ganha bilhões quando limita compartilhamentos

autor Misto Brasília

Postado em 03/05/2017 17:49:42 - 17:42:00


A estratégia financeira por trás da limitação de compartilhamento do Facebook/Facsimile

Parece até “politicamente correto”, mas por trás do politicamente correto quase sempre tem sacanagem

Texto de Renato Riella 

De repente, o botão compartilhar sumiu de diversas postagens nesta rede social que você está lendo.

O “irmão” Facebook deu diversas explicações sobre isso, afirmando que tomou a decisão para preservar a privacidade das pessoas, etc.

Parece até “politicamente correto” - mas por trás do politicamente correto quase sempre tem alguma sacanagem.

Desconfiado que sou, fui consultar especialistas. Descobri que o interesse é financeiro. Com esta brincadeira, alguns bilhões de dólares estão em jogo, a favor do Facebook.

Vamos por parte.
1. Com esta política, o Facebook não perde assinantes. Assim, mantém-se como grande veículo para comercialização de anúncios. E reduz bastante sua movimentação.

2. Limitando compartilhamentos, o Face passa a incrementar aquela política de veiculações pagas, que vem com a assinatura de patrocinado. Isto é: se você quiser divulgar um curso de inglês, um novo livro, etc, paga muito baratinho uma veiculação do Face e atinge milhares de assinantes. É uma espécie de “compartilhamento comprado”.

3. Mas onde o Facebook ganha mesmo, ao limitar os compartilhamentos, é na chamada infraestrutura de informática. Explico, na sequência...

4. Para atingir bilhões de seres humanos no mundo, o Face usa estrutura monstruosa de bigdata. São máquinas potentes, computadores caríssimos, instaladas nos diversos continentes, armazenando trilhões de informações produzidas por nós.

5. Haverá quem diga que o Face “opera na nuvem”, mas ainda assim precisa ter infraestrutura de bigdata no chão. E isso custa muito...

6. A cada milhão ou bilhão a mais de mensagens, o Face precisa aumentar sua infraestrutura de máquinas (monstruosos computadores) para dar conta dessas coisas que a gente posta de brincadeira - e de graça.

7. Quando eu (ou você) solto na rede alguma coisa muito interessante, a minha postagem pode ser multiplicada por 50, por cem ou por mil compartilhamentos (ou até mais). Haja máquinas para tanta explosão numa postagem infantil.

8. Mas, se minha postagem não for compartilhada, vai gastar 200 vezes menos a capacidade de armazenamento de informação do Facebook. Ficará restrita a um pequeno grupo vinculado à minha conta. Vai sobrar capacidade de atendimento nas máquinas do Face.

9. Portanto, garotas e garotos, limitando compartilhamentos, o dono do Facebook vai ficar muuuuuuuuuuuuiiiiiiiiito mais rico. E ainda se mostra politicamente corretíssimo!

10. Só isso. 


Presidenciável Ciro Gomes chega na convenção do PDT
Surfista "pesca" com as mãos tainhas na praia da Laguna (SC)
veja +
Cristovam Buarque propõe fim do auxílio-moradia para parlamentares e juízes
Comissão do Senado aprovou regulamentação da profissão de cuidador
Câmara aprova proposta que regulamenta produção e comercialização de queijo artesanal
veja +