Professora agredida em sala de aula será indenizada pelo DF

autor Misto Brasília

Postado em 24/04/2017 15:41:50 - 15:22:00


Foto meramente ilustrativa/Google

A professora receberá por danos morais e danos materiais

Uma professora da rede de ensino pública do Distrito Federal conseguiu na justiça ação de ressarcimento por ter sofrido danos materiais e morais após, enquanto dava aula em uma escola da Capital Federal.

O fato ocorreu em 2015. Ela estava em um peródo de intervalo entre as aulas quando um homem estranho às funções escolares entrou na escola e agrediu a docente que teve vários ferimentos pelo corpo e abalo emocional.

A professora pediu na justiça o ressarcimennto pelos danos materiais referentes a despesas médicas, e morais pela omissão no oferecimento de segurança da escola.

O Distrito Federal contestou, alegando que a responsabilidade do Estado no caso é subjetiva e que a professora não teria provado a falha na segurança. Mas a 1ª instância julgou parcialmente procedente o pedido da professora e condenou o Estado a indenizar a funcionária em R$ 25 mil por danos morais e R$ 540 por danos materiais. Ambas as partes apelaram.

Sobre o recurso do DF, a magistrada entendeu que não há como afastar o dever de indenizar os danos suportados pela autora. “No caso, estão fartamente demonstrados os requisitos da responsabilidade civil e há fundamentos suficientes à imposição do dever de reparar", concluiu a magistrada. 


Presidenciável Ciro Gomes chega na convenção do PDT
Surfista "pesca" com as mãos tainhas na praia da Laguna (SC)
veja +
Cristovam Buarque propõe fim do auxílio-moradia para parlamentares e juízes
Comissão do Senado aprovou regulamentação da profissão de cuidador
Câmara aprova proposta que regulamenta produção e comercialização de queijo artesanal
veja +