A violência e o ódio virtual

autor Misto Brasília

Postado em 31/12/2016 08:40:46 - 08:35:00


A intolerância tem sido disseminada na internet/Arquivo/USP

O problema não é só brasileiro, mas o comportamento de violência preocupa também a Europa

O ano se fecha daqui a algumas horas com uma marca que vai além de nossos bolsos. 2016 foi também um ano de muito preconceito e a violência disseminada nas redes sociais.

Os episódios não são uma questão somente brasileira, mas o ponto da fronteira entre liberdade de expressão de uma pessoa e direitos humanos da outra colidem com comportamentos no mundo inteiro. Na Europa, uma campanha iniciada há poucos dias combate o discurso de ódio online.

Preocupado com essa onda crescente, Portugal lançou um manual para educar através dos direitos humanos. No Brasil, há uma repulsa ao contraditório.

O tema já foi discutido no Congresso, pois grupos que incitam o ódio e o preconceito até recebem doações via PayPal ou cartões de crédito em seus websites.

Segundo denúncia do deputado Jean Wyllys (Psol-RJ), lojas virtuais acabam patrocinando esses sítios eletrônicos. (Da Coluna Esplanada)


"O senhor não tem vergonha na cara", dispara brasileiro para Gilmar Mendes
Conheça o apartamento do bispo Edir Macedo que custou uma fortuna
veja +
Propostas que legalizam jogos de azar andam rápido no Congresso
Publicada lei que pretende diminuir os altos índices de mortes no trânsito
Proposta para criar delegacias para idosos está na Câmara
veja +